Reunião entre Trump e Kim termina repentinamente e sem acordo

Thu, 28 Feb 2019 13:36:45 +0000 / 0 Comentários

HANÓI - A reunião entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, terminou nesta quinta-feira, 28, antes do previsto e sem acordo, segundo a Casa Branca.

Os dois líderes abandoram o hotel de Hanói onde era realizada a cúpula após a suspensão de uma cerimônia pública que estava agendada. Trump adiantou em duas horas sua coletiva de imprensa, levantando dúvidas sobre os avançosalcançados durante o encontro. "Às vezes você tem que ir adiante, e este foi apenas um desses momentos", disse ele aos repórteres.

De acordo com o republicano, a cúpula terminou sem acordo porque ele não estava disposto a suspender todas as sanções contra a Coreia do Norte. "Foi por causa das sanções", enfatizou ele. "Basicamente eles queriam que as sanções fossem levantadas em sua totalidade, e nós não poderíamos fazer isso."

Trump disse que Kim se ofereceu para desmantelar o centro de pesquisa nuclear de Yongbyon em troca da suspensão de todas as sanções sobre Pyongyang e que foi rejeitada por Washington. "É claro (que desmantelaria Yongbyon), mas ele quer que as sanções sejam suspensas para isso."

No entanto, Trump destacou que ele e o líder norte-coreano têm um bom relacionamento. "Nós gostamos um do outro. Existe uma cordialidade que eu espero que continue, e acho que vai." Segundo o presidente dos EUA, Kim prometeu que não vai retomar os testes nucleares ou de mísseis balísticos. "Ele disse que não fará testes de foguetes, mísseis ou qualquer coisa que tenha a ver com algo nuclear." 

Eles mantiveram "encontros muito bons e construtivos" e "falaram em várias maneiras de avançar em conceitos relacionados à desnuclearização e à economia", disse a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders. "Não se chegou a nenhum acordo neste momento, mas suas respectivas equipes esperam se reunir no futuro." Não houve um comunicado em conjunto.

Apesar do que disse Sarah Sanders sobre uma nova reunião, Trump afirmou que não programou outro encontro com o líder norte-coreano. Questionado sobre uma terceira cúpula com Kim, o americano disse: "Veremos se acontece".

Ainda durante a entrevista, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, disse que Kim "não estava preparado" para implementar os avanços de desnuclearização que Washington exigiu de Pyongyang. "Pedimos a ele que fizesse mais, mas ele não estava preparado para isso", destacou ele ao lado de Trump. "Eu gostaria de ter feito mais progresso, mas ainda estou otimista com o avanço que fizemos, e isso nos colocou em uma posição favorável para alcançar um bom resultado."

Trump e sua delegação deixaram a capital do Vietnã nesta quinta por volta das 15h50 (5h50 em Brasília), quando o Air Force One decolou rumo a Washington. / AFP e EFE